Bragança-Miranda: Bispo adverte para ideia de sucesso baseada em bens materiais

Miranda do Douro, 01 jan 2018 (Ecclesia) – O bispo da Diocese de Bragança-Miranda alertou hoje para as consequências de uma ideia de sucesso baseada apenas em bens materiais.

“Se o sucesso assenta no dinheiro e no crescimento, gerará a corrupção, a frustração, a depressão e a consequente agressividade. Só o desenvolvimento integral, solidário e sustentável trará a paz aos montes”, disse, na homilia da Missa a que presidiu na Concatedral de Miranda, neste primeiro dia de 2018.

A celebração decorreu na solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, e 51.º Dia Mundial da Paz.

“Os 365 dias, as 52 semanas, os 12 meses, as 4 estações que ritmam a nossa vida sejam lugares da busca firme de Paz, a Paz e a Alegria do coração, para uma cultura do Bem Comum na “Casa Comum”, onde todo o ser humano experimente e promova a dignidade singular da Pessoa Humana”, pediu D. José Cordeiro, numa intervenção enviada à Agência ECCLESIA.

A Concatedral e a Unidade Pastoral com sede em Miranda do Douro são dedicadas a Santa Maria Maior.

O bispo diocesano recordou ainda que o atual ano Litúrgico-Pastoral é dedicado ao Batismo, renovando o convite para que cada católico faça “uma peregrinação à pia batismal onde foi batizado” e celebre o dia do aniversário do Batismo.

A intervenção concluiu-se com uma mensagem em mirandês, contra a indiferença e por um “encontro pessoal com Jesus Cristo”.

“Que naide quede andiferente a las lhágrimas i a las necidades de la bida, de fé i d’amor. L’alegrie de l Natal manifeste la beleza de l ancontro pessoal cun Jasus Cristo, bibido an dinamismo bocacional segundo l qual Dius chama i l ser houmano responde”, declarou D. José Cordeiro.

OC

Agencia Ecclesia

COMPARTILHAR