Bragança-Miranda: Diocese convida a conhecer religiosidade mariana no período de férias

Bragança, 11 ago 2017 (Ecclesia) – A Diocese de Bragança-Miranda convida a fazer uma visita pelo património religioso de três espaços dedicados a Nossa Senhora, durante estas férias, quando a região transmontana está a viver um ano pastoral mariano.

Num artigo publicado no Semanário ECCLESIA, o Secretariado das Comunicações Sociais da Diocese de Bragança-Miranda recomenda um roteiro por Mirandela, Cerejais e Vilas Boas que “merecem” uma visita.

“São muitos os devotos” que participam nas celebrações em honra da Senhora da Assunção, “titular daquele que é o maior Santuário diocesano (século XIX)”, e desde 6 de agosto e até ao dia 15, próxima terça-feira, sobem o monte de Vilas Boas, em Vila Flor.

De recordar que o bispo de Bragança-Miranda proclamou este santuário como diocesano a 24 de julho de 2016, no encerramento da visita pastoral à diocese transmontana.

“Concentra-se ali muito bem a beleza natural com a beleza da fé e nós como que tocamos o céu com um dedo”, disse D. José Cordeiro em declarações à Agência ECCLESIA sobre o “lugar de culto, de pastoral, de evangelização”.

Já na zona nobre de Mirandela, a igreja da Senhora da Encarnação – séculos XVII e XX – destaca-se pela “imponência da torre” e pelo património que a envolve, nomeadamente, o Palácio dos Távoras e uma estátua dedicada a S. João Paulo II.

Segundo a diocese transmontana, a vista sobre a cidade e o rio Tua “são magníficas” e informa que o culto é diário, às 18h00, exceto à quarta-feira, e às 11h30 ao domingo.

O itinerário mariano pela Diocese de Bragança-Miranda continua no Santuário dos Cerejais que é procurado pelo turismo religioso e de natureza, nomeadamente, aquando as amendoeiras em flor.

A igreja da “Fátima do nordeste” e “defensor” da mensagem da Cova da Iria no interior tem uma imagem do Imaculado Coração de Maria, de José Ferreira Thedim, vitrais de Luís Quico.

A Capela da Santidade, como o nome indica, guarda relíquias de santos e beatos: Santos Francisco e Jacinta Marto, videntes de Fátima, do Papa São João Paulo II, do Beato D. Bartolomeu dos Mártires, da Beata Alexandrina de Balasar, de Santa Teresa de Calcutá e da Beata Maria do Divino Coração.

O Santuário dos Cerejais, em Alfândega da Fé, foi “reconhecido como Santuário diocesano”, recentemente, e o culto dominical é às 11h00 e 14h30.

“O verão é propício ao lazer, à degustação da gastronomia genuína, ao conhecimento das gentes, da história e do património”, assinala o Secretariado das Comunicações Sociais da Diocese de Bragança-Miranda, no Semanário ECCLESIA dedicado ao período estival.

CB/OC

Agencia Ecclesia

v01_ELETRONORTE_SUPERBANNER_CIRIODENAZARE_728X90PX (1)
COMPARTILHAR