Escola: «Temos de ser indicadores de esperança» – Fernando Magalhães


Fernando Magalhães, presidente da Associação Portuguesa de Escolas Católicas e diretor do Externato Frei Luís de Sousa, em Almada, considera que os professores têm de ser “indicadores de esperança” e que entre a escola e as famílias tem de haver cumplicidade.

Numa conversa informal com a Ecclesia fala-se de preocupações, angústias e alegrias neste processo de crescimento, onde se insere o ensino.

Partilhar:

Por: www.agencia.ecclesia.pt

COMPARTILHAR