Fé missionária é testemunho de amor ao próximo, diz Papa

Por: noticias.cancaonova.com

Francisco encontrou-se nesta terça-feira, 25, com os assistidos das Obras de Caridade da Igreja Católica na Estônia

Da redação

Papa em encontro com os assistidos das Obras de Caridade da Igreja na Estônia / Foto: Vatican Media/ via REUTERS

Na reta final de sua viagem apostólica aos países bálticos, Papa Francisco — que está em Tallinn, na Estônia — encontrou-se nesta terça-feira, 25, na Catedral dos Santos Pedro e Paulo, com os assistidos das Obras de Caridade da Igreja Católica local. O compromisso foi iniciado com os testemunhos de Marina e Vladimir, estonianos assistidos pela obra de Madre Teresa de Calcutá, presente no país.

“Obrigado por terdes compartilhado também o testemunho destas Irmãs que não tinham medo de sair e ir aonde vos encontráveis vós, para serem sinal da proximidade e da mão estendida do nosso Deus. (…) A fé missionária vai, como estas irmãs, pelas estradas das nossas cidades, dos nossos bairros, das nossas comunidades, dizendo com gestos muito concretos: Fazes parte da nossa família, da grande família de Deus onde todos nós temos um lugar. Não fiques fora!”, afirmou o Santo Padre após a escuta dos testemunhos.

Acesse
.: Íntegra do discurso do Papa

Francisco ressaltou o importante serviço prestado pelas religiosas que, segundo ele, não têm medo de deixar as comodidades, de se envolver, e têm a coragem de sair. “[As irmãs] manifestam as palavras mais belas do Mestre: amai-vos uns aos outros assim como Eu vos amei (cf. Jo 13, 34). Amor que rompe as cadeias que nos isolam e separam, lançando pontes; amor que nos permite construir uma grande família onde todos podemos nos sentir em casa, como nesta casa. Amor que sabe de compaixão e dignidade”, refletiu.

Aos que tiveram a oportunidade de encontrar-se com as irmãs, o Pontífice citou o despertar que tiveram ao encontrarem também a Deus. “Encontraste irmãs e irmãos que te proporcionaram a possibilidade de despertar o coração e ver que, a todo o momento, o Senhor te procurava incansavelmente para vestir-te de festa (cf. Lc 15, 22) e celebrar porque cada um de nós é o seu filho predileto”, sublinhou o Santo Padre, que apontou como a maior alegria do Senhor, o renascimento único de cada homem e mulher diante uma nova oportunidade.

Leia mais
.: Notícias sobre a viagem do Papa à Lituânia, Letônia e Estônia

Por este motivo, o Santo Padre reforçou a importância dos laços humanos, do sentimento de pertença e de valor da vida. “Quero convidar-vos a continuar a criar laços, a sair pelos bairros dizendo a quantos encontrais: Também tu fazes parte da nossa família. Jesus chamou os discípulos; e ainda hoje chama cada um de vós, queridos irmãos, para continuardes a semear e transmitir o seu reino. Ele conta com a vossa história, a vossa vida, as vossas mãos para percorrer a cidade e partilhar a mesma realidade que vós vivestes. Pode Ele contar convosco?”, indagou.

Ao final, o Papa agradeceu os presentes pelo encontro, concedeu sua benção apostólica e pediu ao Senhor que continuasse a operar milagres através das obras de caridade do país. “Por favor, eu também preciso de ajuda, por favor não vos esqueçais de rezar por mim”, encerrou Francisco, como de costume. Após o discurso, o Pontífice recebeu a madre superiora das Missionárias da Caridade e a presenteou com um quadro.

O post Fé missionária é testemunho de amor ao próximo, diz Papa apareceu primeiro em Notícias.

COMPARTILHAR