Grupo jovem como berço de vocações, e não clubinho fútil

Grupo jovem como berço de vocações, e não clubinho fútil
Na semana passada, publicamos em nossa fanpage a foto abaixo, que deu o que falar. Na legenda, explicamos que aquelas belas vocações eram fruto da graça de Deus e de uma boa formação dada por um grupo jovem (no caso, um grupo ligado ao Movimento Shalom). Nos comentários, havia muita gente falando da importância do grupo jovem da paróquia em sua vida. Mas nos chamou a atenção o grande número de comentários relatando experiências ruins com grupos jovens, devido à falta de conteúdo formativo sólido, falta de caridade, falta de perspectivas pastorais. Atendendo a muitos pedidos, publicamos este artigo, como uma pequena ajuda para iluminar a formação e condução de grupos jovens católicos. ESPIRITUALIDADE DO GRUPO Acima de tudo, um grupo jovem precisa ter uma boa proposta para promover a espiritualidade de seus membros. Por espiritualidade, devemos entender, basicamente: conhecimento e amor pela doutrina católica, prática da caridade, vida de oração. É FUNDAMENTAL que fique claro de qual fonte irão beber e qual metodologia de trabalho irão utilizar, ou seja, qual caminho seguirão para alcançar essa meta. Farão estudos bíblicos? Estudarão os discursos e homilias do papa? Estudarão o Catecismo (ou o YouCat) de forma sistemática? Estudarão os escritos de…
  • grupo jovem
  • grupo jovem catolico
  • vocacao
  • caridade
  • catecismo
  • movimentos eclesiais

    Blog – O Catequista – O Catequista

    v01_ELETRONORTE_SUPERBANNER_CIRIODENAZARE_728X90PX (1)
    COMPARTILHAR