Igreja Católica reúne especialistas em saúde em congresso regional neste fim de semana

22/02/2016. Credito: Roberto Ramos/DP. LOCAL – Pastoral da Saude promove na Fafire debate sobre as epidemias transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti com o tema Triplice edpidemia: O que faze? Como agir?. O objetivo e mobilizar a populacao em acoes de combate ao mosquito e por saneamento basico que e tema da Campanha da Fraternidade deste ano. Na foto, Paulete Cavalcanti (pesquisadora da FIOCRUZ) durante o debate.

A Pastoral da Saúde da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – Regional Nordeste 2 (CNBB NE 2) realiza, desta sexta-feira (12) até domingo (14), o Congresso Regional de Humanização e Pastoral da Saúde. O evento deve reunir cerca de 100 pessoas entre agentes, especialistas da área, leigos e religiosos, no Centro Pastoral Granja do Bispo, em

Carpina, zona da mata norte de Pernambuco.
Nesta 12ª edição do congresso, o tema é “Como fazer Pastoral da Saúde?”. Para ajudá-los na identificação dos desafios e traçar novas estratégias para a área, serão promovidas palestras, mesas-redondas e oficinas, além de momentos de espiritualidade.
Nomes como o bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife e referencial para a Comissão Regional de Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, dom Limacêdo Antônio da Silva, e o coordenador nacional da Pastoral da Saúde, Alex Mota, estão confirmados na programação.
“O objetivo do congresso é capacitar os agentes antigos e os que estão chegando, e fortalecer a articulação entre os grupos para enfrentar os desafios atuais que se impõem na área da saúde”, explicou o sacerdote da Diocese de Patos (PB) e coordenador regional da Pastoral da Saúde na CNBB NE 2, padre Evandro Oliveira.
Ainda de acordo com o presbítero, o congresso também pretende reforçar a importância dos agentes da Pastoral da Saúde estarem presentes nos conselhos paritários dos municípios e dos Estados. O Congresso Regional de Humanização e Pastoral da Saúde encerra no dia 14, data que faz memória a São Camilo de Léllis, padroeiro dos enfermos. O santo será lembrado com a palestra “São Camilo – vida e testemunho”, onde, segundo o padre Evandro, os participantes poderão aprender mais sobre a vida desse santo da Igreja.
Também no domingo será promovida a Assembleia Geral Ordinária da Pastoral da Saúde. O encontro deliberativo definirá o planejamento, os projetos e as prioridades pastorais para a área, até 2020, nas quatro províncias do Regional – Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.
Confira a programação completa
SEXTA-FEIRA (12)  
12h/14h –  Acolhida
15h /17h 30 – Inserção na Dimensão Comunitária
15h/16h30 – Palestra e Mini Oficina Segurança Alimentar e
Sustentabilidade – Dimensão Comunitária
16h30/17h 30 – Palestra Saúde e Segurança Alimentar – (Consea está vivo)
17h30/18h Intervalo
18h/19h – Jantar & Recepção Teatro de Mamulengo
19h30 – Abertura Oficial
Dom Limacedo – bispo auxiliar de Olinda e Recife
Padre Evandro – Coordenador Regional da Pastoral da Saúde
20h/20h30 – Palestra Inaugural com Alex Mota
Coordenador Nacional da Pastoral da Saúde
20h30 – Momento de integração e cultura – Bloco lírico de Flor de Tamarindo
SÁBADO (13)
6h/6h45 – Momento de espiritualidade – Padre Evandro – Coordenador
Regional da Pastoral da Saúde
6h45/7h45 – Café da manhã
8h – Abertura – Wasti Felix – Secretária Regional da Pastoral da Saúde
8h30/10h – Mesa Redonda: Por que e como defender o SUS?
Alex Mota- Coordenador Nacional da Pastoral da Saúde
Adriana Falangola – Professora do Departamento de Medicina Social da UFPE. Líder do Grupo de Pesquisa Economia Política de Saúde/ CNPq.
10h/10h30 – Coffe break
10h/12h  Oficinas
Sala A: Oficina/ Dinâmica: Quais os desafios que a pastoral de saúde se
propõe a transformar?
Simone Ferreira – Cientista Social e Educadora
Sala B: Mini palestra exercício sustentabilidade: Meu mundo mais verde e saudável
Felipe Meirelis – Representante da Coocencipe e ArvoreSer
Sala C: A importância do Controle Social
Por Alexandre Magnum
Sala D: Atuação Humanizada: Sonho ou Realidade?
Por Evandro Almeida- Terapeuta holístico, cientista de religiões e
articulador regional da Associação Brasileira de Redução de Danos
12h – Almoço
14h/15h – Saúde Mental e Emocional – Ser feliz é possível?
Por Bruno Severo – Professor da Universidade Federal de Pernambuco e
coordenador da disciplina Felicidade
15h/15h30 – Resumo das oficinas da manhã: diante do que foi debatido quais são as questões que desafiam a atuação da Pastoral da Saúde?
Por Vandson Holanda – ex-coordenador regional da Pastoral da Saúde NE 2
15h30/16h00 – Coffe break
16h/17h – Dimensão transformadora da ação Reflexão: A Igreja em saída em luta transformadora da realidade social.
Por Ir. Débora Souza – Teóloga
Por Joselma – Coordenadora da Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Olinda e Recife
17h/18h – Reflexão: Papel dos discípulos missionários no seguimento a Jesus: O discípulo pode cura
Por Padre Laércio- Pároco de Carpina | Reflexão seguida de Momento de Adoração
18h/19h – Jantar
19h/21h – Cuidando da Gente
Por Carmem Leão
21h – Momento cultural: Apresentação de macaratu e forró pé de serra
DOMINGO (14)
6h/7h – Café da manhã
Tema: São Camilo- Vida e Testemunho / Devolução dos questionários de
avaliação e do perfil de saúde
Por Lourdes Gouveia- Coordenadora da Pastoral da Saúde – Carpina
8h/12h – Assembleia Regional
Por Padre Evandro e Equipe Coordenação Regional da Pastoral da Saúde Nordeste 2
COMPARTILHAR