Incêndios: Cáritas de Leiria oferece férias a crianças de Pedrogão Grande e Castanheira de Pêra

Leiria, 12 jul 2017 (Ecclesia) – A Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima ofereceu “algumas vagas”, dos turnos infantis, da sua Colónia de Férias às crianças de Castanheira de Pêra e da Paróquia de Pedrógão Grande.

“Será um tempo de brincadeira e de alegria que possa minorar o sofrimento a que estiveram sujeitos naqueles dias trágicos e que irá perdurar por largos meses”, explica a Cáritas de Leiria-Fátima, numa referência ao incêndio que deflagrou a 18 de junho em Pedrógão Grande.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, informa que ofereceu algumas vagas para os turnos infantis da sua colónia de férias às crianças de Castanheira de Pêra e da Paróquia de Pedrógão Grande.

“Esperamos que sejam umas férias felizes”, acrescenta.

A Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima explica que não tem “um condão para realizar sonhos” mas um condão e uma “vontade maior que o mundo” de fazer “sorrir” e tornar que os dias que as crianças passam na colónia “sejam inesquecíveis”.

A instituição assinala que dinamiza anualmente a colónia de férias para 240 crianças e 50 adolescentes com uma “enorme disponibilidade de coração” dos monitores e demais colaboradoras.

Neste contexto, convida “os cidadãos de boa vontade a apadrinharem umas férias felizes”, com o pagamento do valor da inscrição de 30 euros, para uma criança/adolescente carenciada e para também responsabilizar as famílias apoiadas, “estas assumirão o pagamento de 5 euros”.

Segundo a Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima a estadia de cada criança e adolescente na colónia de férias tem um “custo médio de 140 euros” e as famílias pagam “entre os 35 euros e os 80 euros por utente, consoante o escalão do abono de família”.

Em 2016, a campanha de apadrinhamento contou com o apoio de 27 anónimos e duas empresas que ofereceram umas “férias felizes” a 115 crianças e adolescentes.

CB/OC

Agencia Ecclesia

COMPARTILHAR