Maria, a Mulher Pentecostal!

A Virgem Maria é a Esposa do Espírito Santo! Se nós temos a festa de Pentecostes como o momento em que Deus derramou o Espírito Santo sobre os discípulos reunidos no Cenáculo com Nossa Senhora, podemos dizer que a Virgem Maria viveu um contínuo Pentecostes durante toda a sua vida, pois sempre esteve unida ao Espírito Santo, e onde Ela esteve lá estava o Espírito Santo operando.
Ela é Pentecostal, ou seja, cheia do Espírito Santo, porque:
“O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra.” (Lucas 1,35)
O Espírito Santo é inseparável de Maria, e onde Maria está, o Espírito Santo está operando graças. Quem tem contato com Maria Santíssima, tem contato com o Espírito Santo:
“Ora, apenas Isabel ouviu a SAUDAÇÃO DE MARIA, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou CHEIA DO ESPÍRITO SANTO” (Lucas 2,41)
E esse derramamento do Espírito Santo continua sendo feito pela intercessão de Nossa Senhora. Ela é o ímã que atrai o Espírito Santo as almas daqueles que clamam. Ela atrai o Espírito Santo para todos aqueles que se aproximam dela.
“Todos eles (apóstolos e discípulos) perseveravam unanimemente na oração, juntamente com as mulheres, entre elas MARIA, a mãe de Jesus […] Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo, que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falsassem” (Atos 1,14;2,1-4)
Como o Padre Moacir Anastácio disse em uma homilia, o Espírito Santo não desceu no Cenáculo, pois isso foi a gente que inventou, Ele desceu, na verdade, em Maria. O Cenáculo, verdadeiramente, caríssimos, é o Imaculado Coração de Maria. O Espírito desceu não sobre as paredes, nem sobre a multidão de judeus que estava a celebrar a festa de Pentecostes, mas desceu sobre todos aqueles que estavam reunidos em oração em volta de Sua Amada Esposa.
O evangelista São João vai dizer em seu evangelho no cap. 7 versículo 39, que o Espírito Santo ainda não havia sido dado “visto que Jesus ainda não tinha sido glorificado.”
Porém, nos versículos citados nós vimos que o Espírito Santo já havia sido dado a Maria Santíssima. Por que? Porque Ela foi concebida Imaculada, sem mancha de pecado. Nela o Espírito Santo já habitava e agia de maneira plena. E, como medianeira de todas as graças, pois é cheia de graça (cf. Lucas 1,28), transmite o Espírito Santo a todos por quem roga, para quem dirige a palavra…
É por isso que após a glorificação de Jesus Cristo, O Pai derrama o Espírito não de maneira aleatória, mas no Cenáculo reunido em volta de Maria Santíssima. A Filha amada do Eterno Pai, a Mãe de Deus Filho e a Esposa do Espírito Santo… Simplesmente Maria Santíssima, a toda plena de Deus, que com apenas um suspiro atrai a potência do Espírito; assim como com uma saudação Isabel ficou cheia do Espírito, com uma semana de oração com os discípulos veio a manifestação poderosa do Espírito Santo, em línguas de fogo, e aí nasce a Igreja militante – saindo do medo, e, com a têmpera dos mártires, buscando a maior glória de Deus.
Toda a maravilha da Igreja primitiva, o Pentecostes inicial, se deu unida ao Coração de Maria Santíssima. Maria no Cenáculo é a última citação direta de Nossa Senhora nas sagradas escrituras. Depois ela vai ser citada no Apocalipse 12, mas já numa visão de São João, onde Maria aparece na glória, coroada de estrelas, sendo nossa Rainha, comandando o exército de Cristo contra o dragão infernal. E mesmo nessa visão, São João narra-nos Nossa Senhora “revestida do sol” (Apo 12,1). Jesus é o Sol de Justiça. Porém, o sol sendo fogo que queima e arde, também é figura do Espírito Santo, que queima e arde os nossos corações. Maria é revestida do Espírito Santo. Maria, como diz Santo Afonso Maria de Ligório, quando vai visitar Isabel tendo Jesus no seu ventre, era um fogo levando outro fogo. Maria é uma fornalha viva ardendo de amor por Deus. Vemos Maria nos Atos dos Apóstolos rezando com os discípulos, e como resultado vemos a descida do Espírito Santo como forma de línguas de fogo que se repartiam e repousava, e ardia sobre cada discípulo. E agora no Apocalipse vemos a mesmo Virgem Maria, revestida da esse fogo, ardendo de amor por Seu Deus e nosso Deus.
Eu quero ser cheio do Espírito Santo. Se você quer também, vou te ensinar uma maneira fácil de conseguir isso, se é que você ainda não entendeu: nós podemos clamar o Espírito Santo por nós mesmos… Ele ouve nossas orações. Mas diante dos nossos pecados, ou pela nossa falta de fé, Ele pode agir mais ou menos, dependendo da nossa disponibilidade. Agora se você quer ter a certeza de ser CHEIO do Espírito Santo, plenificado, tomado pela graça de Deus: FIQUE AOS PÉS DE NOSSA SENHORA. Se consagre a Nossa Senhora. Reze pelo menos 1 terço todos os dias. Pois quanto mais uma alma é consagrada à Nossa Senhora, mais estará consagrada ao Espírito Santo; quanto mais uma alma respira Maria, mais estará respirando o Espírito Santo; quanto mais uma alma invoca Maria, mais descerá sobre ela o Espírito Santo. Mil vezes feliz a alma que suspira por Maria! Mil vezes feliz a alma pela qual a própria Virgem Maria reza, pois esta estará cheia da graça de Maria Santíssima, ou seja, do Espírito Santo de Deus.
Se você quer viver um Pentecostes contínuo, permanente, se você quer estar na sala do Cenáculo todos os dias, esteja no Coração de Maria, pois o verdadeiro Cenáculo ocorre aí. É por isso que Santa Faustina teve uma visão de raios de fogo saindo Coração de Nossa Senhora e atingindo a terra; e é por isso que a Virgem Maria chama os Terços que se deve rezar em família de Cenáculos, conforme as mensagens dadas ao Pe Gobbi. Quando rezamos o terço, quando rezamos com Maria, em Maria e por Maria, estamos verdadeiramente em um Cenáculo, e o Espírito Santo manifesta-se e realiza maravilhas de graça em nossa vida.
O Espírito Santo é o santificador das almas. Ele quer levantar um povo que viva em santidade. E esse povo será levantado como a Igreja primitiva: recebendo o Espírito Santo unidos em oração por Maria, com Maria e em Maria.
Aleluia!
Vide Espírito Santo, vide por meio da poderosa intercessão do Imaculado Coração de Maria, vossa amadíssima Esposa!


ACB

v01_ELETRONORTE_SUPERBANNER_CIRIODENAZARE_728X90PX (1)
COMPARTILHAR