Pe. José Adelson Maria Ramos das Mercês lança biografia nesta sexta-feira (16)

Por meio de sua experiência sacerdotal, o padre José Adelson M. Ramos das Mercês aprendeu que, ‘quem fala aos simples, atinge a todos!’. E é com muita simplicidade que apresenta sua publicação “Trinta anos edificando a Esperança e a Fé”, onde, às vésperas de completar 40 anos de vida religiosa e 30 de vida sacerdotal, reúne singelas memórias e vivências dessa considerável trajetória.

 A família, a infância, a juventude, a vocação, os estudos e, sobretudo, a realização de sua missão, emergem límpidas das resumidas informações contidas nesse que ele chama de “opúsculo comemorativo” à terceira década de sua vida sacerdotal, como padre da Ordem dos Clérigos Regulares de São Paulo – Barnabitas. Sem pretensões à denominação de biografia, a publicação também presta um reconhecimento aos irmãos próximos, que partilharam do já extenso trajeto de vida e missão de Padre Ramos.

Homenagens

Nascido em janeiro de 1959, na vila litorânea de São Raimundo, município de São João de Pirabas, José Adelson é o mais novo de oito irmãos. Aos seis anos veio para Belém com a família e aos 14 ingressou no Mojuvena, da Paróquia de Nazaré, onde conheceu ‘seu pai na fé’, Padre Mario Pozolli. E o saudoso Padre Mário é homenageado logo no primeiro capítulo do livro.

 “Foi Padre Mario quem me levou ao seminário, em maio de 1976. Eu tinha 17 anos”, recorda o Padre no livro. O segundo capítulo é dedicado a outra figura afetiva. Nascida Isabel Soares da Silva, ficou conhecida como “Isabel dos Padres”, a fiel servidora dos missionários Barnabitas na Prelazia do Guamá, depois Diocese de Bragança.

Padre Giovanni M. Incampo, o terceiro homenageado no livro, também ocupa um lugar muito especial no coração de Padre Ramos, que se confessa edificado pelo testemunho de sua fidelidade a Cristo, à Igreja, ao Povo de Deus.

No quarto capítulo, o reconhecimento vai para o Padre Luiz Carlos, amigo desde o início dos estudos eclesiais, que se ordenou apenas seis dias antes de Padre Ramos, e permanece irmão de caminhada até hoje.

Trajetória

No quinto capítulo, acompanha-se a bela trajetória de vida familiar e sacerdotal do Padre José Ramos das Mercês, que depois de uma longa jornada de estudos, no Brasil e na Itália, foi ordenado padre no dia 25 de agosto de 1989, na Basílica Santuário de Nazaré, pelas mãos do venerando Dom Alberto Gaudêncio Ramos.

Com uma extensa lista de ações empreendedoras em favor da Igreja Católica, atualmente, Padre Ramos é Superior Provincial dos Barnabitas do Norte e Administrador das Obras Sociais da Paróquia de Nazaré (OSPAN).

O livro encerra com uma Ladainha muito particular, onde, além de invocar os Santos oficiais da Igreja de sua devoção pessoal, inclui depois irmãos e irmãs que de algum modo participaram de sua caminhada e hoje – acredita ele – o acompanham do céu.

Serviço:

Pe. José Adelson Maria Ramos das Mercês lança biografia nesta sexta-feira (16)

Local: Basílica Santuário de Nazaré e Loja Lírio Mimoso, ao lado da Basílica Santuário

Hora: 18h

Informações

ASCOM (91) 4009-8436

Email

COMPARTILHAR