Portugal: Aliança Evangélica repudia práticas da Igreja Universal do Reino de Deus

Entidade evangélica acusa IURD de não respeitar seus valores e princípios

Em comunicado, a Aliança Evangélica Portuguesa (AEP) recordou ao público que a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) não é sua filiada e afirmou que “dificilmente virá a sê-lo” devido à sua doutrina e práticas.

A AEP, que faz parte das associações europeia e mundial das denominações evangélicas, manifesta ainda “a mais profunda solidariedade com as vítimas” da IURD.

O comunicado se deve à atual denúncia de tráfico internacional de crianças atribuído à IURD por uma série de reportagens do canal português TVI. Confira aqui.

Confira o comunicado na íntegra:

COMUNICADO EM RELAÇÃO ÀS NOTÍCIAS SOBRE A IURD

A Aliança Evangélica Portuguesa é uma federação de igrejas Evangélicas herdeiras da Reforma Protestante do séc. XVI e dos movimentos que a desenvolveram nos séculos seguintes, filiada à Aliança Evangélica Europeia http://www.europeanea.org e à Aliança Evangélica Mundial http://www.worldea.org.

A Igreja Universal do Reino de Deus não é filiada na Aliança Evangélica Portuguesa e dificilmente virá a sê-lo na medida em que a sua doutrina e a sua prática não respeitam os valores e os princípios da Aliança Evangélica.

A serem verdade as notícias que têm vindo a público, a Aliança Evangélica Portuguesa manifesta a mais profunda solidariedade para com as vítimas e o mais veemente repúdio por tais práticas.

Direção AEP,

15 de Dezembro de 2017

__________

Com informações da TVI

Aleteia: vida plena com valor

COMPARTILHAR