Taizé: Jovens algarvios peregrinam à comunidade ecuménica francesa

v01_ELETRONORTE_SUPERBANNER_CIRIODENAZARE_728X90PX (1)

Faro, 11 ago 2017 (Ecclesia) – Uma peregrinação com jovens e adultos da Diocese do Algarve viaja hoje para Taizé, no sul da França, onde vão passar uma semana na comunidade ecuménica criada na Segunda Guerra Mundial.

O jornal diocesano ‘Folha do Domingo’ informa que os jovens e adultos algarvios vão ser acompanhados pelo pároco de Aljezur, o padre Nuno Coelho, de onde são a maior parte dos participantes.

O grupo do Algarve começa a viagem hoje e vai viver as propostas da comunidade ecuménica entre 13 e 20 deste mês, regressando no dia seguinte.

A comunidade religiosa em Taizé, a cerca de 390 quilómetros a sudeste de Paris, foi criado por irmão Roger, durante a segunda grande guerra, para “reunir homens que sentissem a necessidade de juntos fazerem comunhão e viverem em paz uma vida simples, partilhando o trabalho e as reflexões das Sagradas Escrituras, caminhando em comunidade à descoberta de Deus revelado aos homens por Jesus Cristo”.

O jornal diocesano assinala ainda que um grupo de 15 pessoas da comunidade de São Paulo, que pertence à Paróquia de São Pedro de Faro, também esteve em Taizé, entre 23 e 30 de julho.

CB

Agencia Ecclesia

COMPARTILHAR