Vaticano: Papa dá a escolher «busca, indiferença ou medo»

Cidade do Vaticano, 06 jan 2018 (Ecclesia) – Na recitação do ângelus deste sábado, festa da Epifania e feriado no Vaticano, Francisco apontou as três atitudes existentes no Evangelho de hoje, “busca, indiferença e medo”, e desafiou a decidir qual escolher.

A busca incessante dos Magos, a indiferença dos sacerdotes e escribas que sabiam pelas escrituras que ia nascer o Messias e não o foram visitar e por fim o medo do Rei Herodes, que considerava Jesus como um rival.

“O egoísmo pode levar a considerar a vinda de Jesus como uma ameaça. Então, tentamos suprimir ou silenciar a mensagem de Jesus. Quando seguimos as ambições humanas, as perspectivas mais confortáveis, as inclinações do mal, Jesus é percebido como um obstáculo”, disse.

Outra atitude é a indiferença que está “sempre presente”, em vez do comportamento em coerência com a fé cristã, e depois “seguem-se os princípios do mundo”.

Francisco disse ainda que “somos chamados a seguir o exemplo dos Magos”, nessa atitude de busca incessante para encontrar Jesus na vida, “aquele que indica o verdadeiro caminho a seguir”.

Francisco recordou o Dia da Infância Missionária que se celebra neste sábado. A todas as crianças e adolescentes missionários convidou a dirigir seus olhares ao Menino Jesus, para que ele seja a guia preciosa no seu compromisso de oração, fraternidade e partilha entre seus coetâneos mais necessitados.

Por fim cumprimentou os participantes na manifestação folclórica da XXIII edição de “Viva a Epifania”, promovida pela Associação de Famílias Europeias cujo objetivo é reafirmar e transmitir o verdadeiro significado espiritual e os valores da Epifania do Senhor.

SN

Agencia Ecclesia

v01_ELETRONORTE_SUPERBANNER_CIRIODENAZARE_728X90PX (1)
COMPARTILHAR