Venezuela: Bispo de La Guaira contesta implantação de «regime comunista» que levou à «miséria»

730x250

Fátima, 12 set 2017 (Ecclesia) – D. Raul Biord Castillo, bispo de La Guaira, na Venezuela, disse hoje à Agência ECCLESIA que o país precisa de “soluções pacíficas e democráticas”, lamentando a implantação de um regime “socialista-comunista” no país.

“Nos últimos anos, a Igreja Católica teve de apresentar uma palavra crítica do Governo, em diversas situações, em primeiro lugar por causa das políticas económicas e do modelo económico geral, socialista-comunista, aumentou a pobreza e levou à miséria”, referiu o prelado, que participação na peregrinação internacional promovida pela fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre.

O prelado denuncia sucessivos “atropelos aos Direitos Humanos”, apontando o dedo à repressão “feroz” e à morte de dezenas de pessoas, sobretudo jovens, nos protestos contra o Governo e a exigir eleições.

“Uma das missões da Igreja, especialmente dos bispos, é denunciar tudo o que é contrário ao plano de Deus”, realça.

La Guaira, localizada a norte de Caracas, no Estado de Vargas, conta com uma forte presença da emigração portuguesa, em particular da Madeira.

D. Raul Biord Castillo recorda a situação de muitos portugueses que saíram da sua terra “em busca de uma oportunidade” e que agora têm de deixar a Venezuela “sem nada”, por causa da atual crise política e económica.

A imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima está no território, por ocasião do Centenário das Aparições, e as celebrações têm tido uma “participação multitudinária”, segundo o bispo local.

“A passagem da imagem foi um momento de união e de esperança”, observou o bispo venezuelano.

O responsável recorda os alertas da mensagem de Fátima sobre os “perigos da ideologia do comunismo”.

“Os países onde se implantou esse regime, como agora acontece na Venezuela, vivem na pobreza, no afastamento de Deus e, sobretudo, com destruição da dignidade humana”, lamenta.

Apesar das críticas do Governo, assinala o bispo de La Guaira, “as pessoas sabem que a Igreja está do lado do povo”.

OC

Agencia Ecclesia

v01_ELETRONORTE_SUPERBANNER_CIRIODENAZARE_728X90PX (1)
COMPARTILHAR