Venezuela: Cardeal de Caracas pede respostas para combater a fome

Cidade do Vaticano, 04 jan 2018 (Ecclesia) – O arcebispo de Caracas, cardeal Jorge Urosa Savino, apelou ao governo do país para que encontre o mais rapidamente possível as medidas necessárias para combater a fome no país.

O responsável, citado pelo portal de notícias do Vaticano, falou numa “emergência social”, que se traduz em situações “fome, escassez de géneros alimentares e outros produtos”.

Segundo dados publicados pelo Observatório da Cáritas, na Venezuela 82% da população vive em situação de pobreza e 52% em indigência extrema.

Ainda de acordo com o relatório, mais de 11 mil crianças morreram em 2016 por falta de medicamentos e a taxa de mortalidade materna aumentou quase 70%.

A Cáritas está a promover a distribuição de água e produtos de higiene e a promoção de projetos no âmbito da segurança alimentar e da saúde.

Quando ao cenário político, o cardeal Urosa Savino saudou a decisão do presidente Nicolás Maduro de convocar eleições para 2018, mas pediu que as mesmas sejam transparentes, isentas de “dúvidas sobre a legitimidade dos resultados”.

OC

Agencia Ecclesia

COMPARTILHAR