Igreja/Ambiente: Pastoral da Cultura e Universidade dos Açores refletem sobre ecologia

Ponta Delgada, Açores, 26 nov 2019 (Ecclesia) – O Serviço da Pastoral da Cultura da Diocese de Angra, em parceria com a Universidade dos Açores, promove hoje o primeiro «ECOntros: economia, ecologia e humanização», sobre ecologia integral.

“Pretende-se que, para além da abordagem a cada um dos temas, se faça uma avaliação da situação em que se encontra a Região Autónoma dos Açores, analisando algumas das suas fragilidades e propondo soluções possíveis”, explica uma nota da organização.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA contextualizam que é uma atividade desenvolvida no âmbito da caminhada sinodal diocesana que, no momento presente, “procura escutar a voz da atualidade”.

O primeiro de dois encontros é esta tarde e está relacionado com a economia, é uma aula aberta, entre as 16h00 e as 18h00, na Universidade dos Açores.

O encontro é moderada pelo presidente da Faculdade de Economia e Gestão, Francisco Silva, e tem como intervenientes Gualter Furtado, presidente do Conselho Económico e Social da Região Autónoma dos Açores; Mário Fortuna, presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada; Zuraida Soares, ex-deputada do Bloco de Esquerda na Assembleia Legislativa dos Açores; Luís Toste, gestor de clientes do Novo Banco dos Açores e o padre Ricardo Tavares, teólogo e diretor do Serviço Diocesano da Pastoral da Cultura.

A 7 de fevereiro de 2020 realiza-se a segunda sessão que se vai ocupar das várias dimensões que constituem uma “ecologia integral e integradora”, entre as 20h00 e as 22h00, no Centro Pastoral Pio XII, em Ponta Delgada, na Ilha de São Miguel.

LFS

Partilhar:

Por: www.agencia.ecclesia.pt

COMPARTILHAR