Padre: “Círio de Nazaré é um grande instrumento de evangelização”

Por: noticias.cancaonova.com

Padre Francisco Saraiva comenta expressividade do evento; saiba mais sobre a organização e a Romaria Fluvial que acontece neste sábado, 12

Julia Beck
Da redação

Primeira Romaria após a abertura oficial do Círio 2019 reuniu milhares de fiéis pelas ruas dos municípios de Ananindeua e Marituba/ Foto: : Gabriel Buenaño – ASCOM Guarda de Nazaré

A Arquidiocese de Belém, no Pará, aguarda a participação de aproximadamente 2 milhões de pessoas nas atividades do Círio 2019. O evento, que teve sua abertura oficial nesta terça-feira, 8, iniciou sua programação no mês de agosto e, mesmo tendo sua procissão e missa festiva neste domingo, 13, encerrará suas atividades em novembro. Pertencente à ordem dos Clérigos Regulares de São Paulo (CRSP), o padre barnabita, Francisco Saraiva, responsável pelo seminário local e diretamente envolvido no evento, comenta o valor do Círio de Nazaré para a região e para o Brasil:

O Círio representa para Belém, para o estado do Pará e para a Amazônia, uma grande festividade religiosa. O evento mobiliza de modo social, cultural e econômico a região. A movimentação de pessoas e a mobilização de recursos também demonstram o valor desta festa. Aqui é possível encontrar bispos, padres e leigos de todo o Brasil. (…) O Círio de Nazaré é um grande instrumento de evangelização”.

Leia mais
.: Papa Francisco envia mensagem ao Círio de Nazaré 2019
.: Círio de Nazaré: saiba mais sobre a origem dessa expressão de fé

Para movimentar o grande fluxo de fiéis que se dirigem a Belém neste período, o sacerdote explica que a programação tornou-se intensa e cheia de grandes momentos. Padre Francisco deu destaque para as 13 romarias que são realizadas durante a festa, o aumento no número de cinco para sete Celebrações Eucarísticas na Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré (5h, 7h, 8h30, 10h30, 12h,18h e 20h), o momento de Adoração que acontece todos os dias às 16h e o intenso atendimento de confissões.

A realização deste evento, considerado a maior manifestação mariana do país e patrimônio cultural de natureza imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), exige uma grande organização e sistematização dos processos. Cláudio Acatauassú, coordenador do Círio 2019, revelou que só na diretoria da festa estão presentes 32 casais divididos em oito diretorias, fora os membros da Arquidiocese e da Basílica Santuário que auxiliam nos preparativos e no desenvolvimento das atividades previstas na programação.

Cidade de Belém durante principal procissão do Círio 2018/ Foto: Marcos Melo – Grupo Eko

Devoção à Virgem de Nazaré

Padre Francisco Saraiva frisa que a verdadeira devoção mariana expressa pelos católicos durante o Círio de Nazaré é cristocêntrica. “A devoção é totalmente centrada em Jesus, tanto que nos braços da Virgem de Nazaré está sempre Jesus. Deus que se faz criança por meio do sim de Maria e José em Nazaré”.

Leia também
.: Conheça o manto de Nossa Senhora de Nazaré no Círio 2019
.: Entenda a tradição da confecção do manto de Nossa Senhora de Nazaré

Neste ano, o Círio de Nazaré acontece seguido do dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, celebrado neste sábado, 12. Com estas duas festividades, o sacerdote afirma que se cumpre a profecia evangélica do Espírito Santo dita por Maria: “Todas as gerações me chamaram feliz, porque o Senhor fez em mim maravilhas” (Lc 1).

Romaria Fluvial

A Romaria Fluvial é também um dos momentos mais aguardados pelos fiéis/ Foto: Aline Andrade – Ascom Basílica

A Romaria Fluvial, que acontecerá neste sábado, 12, é uma das atividades bastante aguardadas pelos fiéis. De acordo com o coordenador do Círio 2019, Cláudio Acatauassú, esta romaria, também conhecida como “Círio das Águas”, é a terceira Romaria oficial do Círio 2019. Ela seguirá a correnteza e o vento da baía do Guajará, com o acompanhamento de barcos e balsas.

“Assim é realizada há mais de 30 anos, uma das romarias mais peculiares da região amazônica em homenagem à virgem de Nazaré: a Romaria Fluvial. Ela inicia por volta das 9h no Trapiche de Icoaraci com destino à escadinha do Cais do Porto, na Praça Pedro Teixeira, em Belém. Nesta procissão, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré é conduzida em uma redoma de vidro na Corveta da Marinha, Garnier Sampaio, cuidadosamente decorada há anos por Simone Cosme. Embarcações de vários tamanhos e todas enfeitadas acompanham a Imagem de Maria”, explicou Cláudio.

Segundo a coordenação do Círio 2019, a Marinha é quem organiza esta procissão junto com a Diretoria, sendo responsável pelo credenciamento de todas as embarcações. Este ano são esperas 400 embarcações para o traslado.

 

O post Padre: “Círio de Nazaré é um grande instrumento de evangelização” apareceu primeiro em Notícias.

COMPARTILHAR