Sociedade: Vaticano adere a texto sobre «Educação cívica na era digital»

Documento aprovado na Convenção Cultural do Conselho da Europa

Cidade do Vaticano, 02 dez 2019 (Ecclesia) – O Vaticano anunciou hoje a sua adesão ao texto aprovado na Convenção Cultural do Conselho da Europa, sobre a “aquisição das habilidades digitais” por parte das novas gerações.

“A revolução digital coloca novos desafios à escola do século XXI: por um lado, oferece ferramentas novas e poderosas; por outro, exige com urgência cada vez maior a identificação de critérios éticos partilhados”, assinala uma nota oficial, sublinhando os “perigos decorrentes da intrusão na esfera privada e do cyberbullying”.

O tema esteve em debate num encontro de Ministros da Educação que decorreu a 26 de novembro, em Paris, com a participação da Santa Sé, sobre o tema “Educação cívica na era digital”.

“Os ministros reunidos em Paris adotaram uma declaração na qual se comprometeram a garantir que a escola garanta, desde a infância, a aquisição das habilidades digitais necessárias para viver numa sociedade democrática, em particular as que fomentam a educação, espírito crítico, participação cívica e responsabilidade ecológica”, indica o comunicado de imprensa divulgado pela Santa Sé.

A delegação do Vaticano emitiu uma “declaração interpretativa”, renovando a sua posição contra a utilização dos termos “género” ou “estereótipos de género” em referência à “diferença sexual com base na identidade masculina e feminina”.

A Santa Sé faz parte da Convenção Cultural desde 1962.

Os ministros da Educação discutiram a proposta francesa de criar, dentro do Conselho da Europa, um observatório sobre o ensino da história.

OC

Media: Amazon, Microsoft, Facebook e Apple num encontro com o Papa para prevenir crimes sexuais infantis online

Partilhar:

Por: www.agencia.ecclesia.pt

COMPARTILHAR